A Travellerspoint blog

Comer, dirigir e amar quando dá tempo..... San Gimignano

4 dias pela Toscana começando por San Gimignano....

semi-overcast 15 °C

4 dias na Toscana foram poucos para tudo o que deveria e precisava ser visto.
Começamos a jornada de comer, comer, comer e dirigir em San Gimignano, uma das cidades estrela da toscana.
De Veneza para lá morremos com €25 de pedágio facada e 4h de estrada.
San Gimignano é uma cidade murada, de tijolo a vista mto fofa. Como somos pessoas de sorte, pegamos o feriado com emenda da Italia e por isso a cidade estava lotada.
A Itália é um luxo e por isso as pessoas só trabalham das 9 as 11 e das 15 as 19. Então foi dureza achar um restaurante aberto as 4 da tarde.
Achamos a Trattoria Chiribiri que deu pro gasto, não era mto cara e tinha um dono que falava italiano igual a da novela. Comida ok.
Depois de abastecidos fomos andar pela cidade. Parecia um Embu das Artes medieval.
As ruas bombando cheio de lojinhas vendendo tudo e mais um pouco de artesanato, vinho, etc. Bizarro.

Turismo na Italia se resume em 3 coisas: igreja, museu e ruína que é tudo o que vimos por aqui.
Seguimos pelas 2 ruas que cortam a cidade: Via San Giovanni e Via San Matteo.
Visitamos o Domo, desistimos da torre com os mais de 200 degraus sem elevador, Piazza della Cisterna -aqui vale lembrar que comemos na sorveteria que se intitula a melhor sorveteria do mundo chamada Gelateria del Piazza.
O sorvete é muuuiitooo bom :)
De lá fomos até um lugar chamado Rocca - é tipo um jardim que tem vista para a toscana - lindo.

Outro restaurante que eu recomendo é o Ristorante Boboli - via san Giovanni. Boa comida, bom sorvete, preço excelente e ambienre show!

Ainda passamos por alguns pontos para tirar fotos e assim terminamos o dia 1 na toscana.

Vistas da cidade

90_D5CC29FB2219AC6817436A1AFE7E94C1.jpgD5B149562219AC6817258C9EC60ECBA2.jpg90_D5B8FB922219AC681738F1003909535E.jpg

Posted by acconte 15:15 Archived in Italy Tagged italy toscana Comments (2)

Encantadora Veneza

sunny 20 °C

Veneza é aquele tipo de cidade que não tem como não se apaixonar. Embora decadente versus a grandeza que representava a alguns séculos ela ainda tem seu charme.

Dica 1 - veneza é lotada, só se chega aos lugares por canal e o que sobra de rua é cheio de escadas e degraus. Mestre é uma boa opção de hospedagem, com bons restaurantes e perto da estação de trem (€ 1,20 para Veneza em 10 min).
Ficamos no hotel Villa Constaza. Adorei, um luxo, ótimo quarto, serviços, a 300m da estação, com estacionamento, só que sem café da manhã, fora da ZTL.... E custa a metade do preço de um hotel meia boca em Veneza e tem que pagar estacionamento por dia.

A unica parte ruim é que você acaba não aproveitando a noite de Veneza.

Tinhamos 1 dia apenas então resolvemos andar a cidade literalmente inteira. Chegamos pela Piazza Romana + mapa e começamos a se perder por lá.
Fizemos o básico - ponte do Rialto, algumas igrejas que cruzamos no caminho, Basílica se São Marco, Torre Campanile, praça São Marco, várias vistas do grande Canal, nos predemos no Dorsoduro e no Cannaregio e compramos máscaras.
Parece a Disney de tão lotado. Mas é único, então vale a pena ser isto.

Dica 2 - na Basílica, para você cortar a fila gigante para entrar basta deixar a bolsa no guarda volume na rua de frente e pegar o cartão. Com ele você entra direto. Não esqueça de subir na torre Campanile.

Comida
2 recomendações fantásticas:
Veneza - Osteria ai Carmine - melhor comida que comemos até agora
Mestre - Osteria Moro - familiar, super atendimento e a macarronada é dos deuses.

Compras
Comprei mascáras no Bottega dei Mascareri - http://www.mascarer.com/
Uma das poucas que ainda se vê o aretsão fazendo as máscaras, e não é made in china. Lindas mas rústicas. Vale a pena pelo menos dar uma passada.

Osteria ai Carmine

90_6769911C2219AC681771EBDE9EE33892.jpg

Osteria Moro - mestre
90_6773CEE42219AC68178257343D4EA9E9.jpg

Veneza
90_679608572219AC6817A90E3842A36A0D.jpg679B56F82219AC6817035DA394796D74.jpg

Posted by acconte 11:49 Archived in Italy Tagged italy veneza Comments (2)

Innsbruck - Tirol

Tiroleirrrrrrrriiiiiiii

sunny 7 °C

Depois de mais da tão querida Alemanha partimos rumo ao Tirol.

DSCN5380.jpg

O Tirol é uma região interessante da Austria pois é bem típica (vaquinha do milka), isolada da civilização, no meio dos alpes e linda de morrer.
A Austria inteira é linda de morrer.
Decidimos nos hospedar no meio do nada em Obsteig na casa da família Turner - haus of Turner (U$ 35,00 diária - quase de graça + 7 euros por pessoa o café da manhã). Tinhamos um andar da casa só nosso com cozinha, banheiro luxo, quarto com varanda e vista para a floresta - vale absurdamente o preço e o atendimento. O café da manhã você pode levar os pães.
Os donos da casa não falam inglês então a comunicação foi via google translator + computador + ela explicando as coisas em alemão achando que a gente entendia tudo.....
O visu da região é de morrer junto com o silêncio. Coisa de loco. Para qualquer lugar que íamos - tipo Innsbruck - era pelo menos 1h de estradas com paisagens estonteantes.
Aproveitamos o sol e fomos para os alpes no pico Hafelekar em Innsbruck - mais de 2256m de altitude e muita neve.
Subimos com o bondinho - http://www.nordkette.com/en = caro, até a primeira parada em Seegrube onde observamos os locais se jogarem do penhasco para esquiar. O momento vergonha alheia foi quando vimos crianças fazendo isso....

De lá você pega outro teleférico para o ponto mais alto e congela por lá!!! A vista é louca.

Como fomos no domingo, estacionamos de gratis em um supermercado a 300m da bilheteria. Fica a dica.

No dia seguinte, partimos para Innsbruck novamente para andar pelo centro histórico: lojinhas, igrejas, telhado feito de ouro, andamos perto do rio Inn, fomos ao mercado.... Essas coisas.

Se estiver de carro na cidade é cheia de estacionamentos cobertos caros - em Innsbruck gastamos 20 euros no dia todo.
Outra dica - se você se hospeda em alguma das vilas do Tirol você precisa dirigir até Telfs para comprar o Vignete - adesivo de pedágio para as autobahns da Austria. Você consegue chegar até lá pelas Bundestrasse (rodovias locais) não pedagiada. Multa = 200 euros.

Próxima parada - Veneza

Visual do hotel
90_9B0B181E2219AC68170DC4C923F925DC.jpg9B2AA4F12219AC6817AE400BE33068DB.jpg9B316ED52219AC6817D2F6B767227F5C.jpg

Hafelekar - alpes
9B374A522219AC6817F23A97A1ACDEAD.jpg9B20E8232219AC6817AD13B7E3F61B31.jpg

Posted by acconte 12:37 Archived in Austria Tagged austria tirol innsbruck Comments (0)

Füssen with an unexpected snow

snow 0 °C

Fussen é uma linda cidade no interior da Alemanha que tem nada menos do que o castelo Neuschwanstein - que era o unico e maior objetivo da nossa viagem.
Este foi o famoso castelo constrído pelo rei Ludwig II da Baviera que inspirou Disney na construção do castelo da Cinderela.
Estava chevendo então nossas expectativas foram desesperadoras para frio + chuva + que nhaca.
No dia seguinte, para nossa surpresa advinhe só: neeeveeeee! A chuva virou um lindo dia de neve que nos rendeu imagens incríveis do castelo.

62000E472219AC68178B9AB3AEB790C8.jpg

Como estávamos de carro chegamos lá em 10 min e pagamos 5 euros para estacionar.

Nós decidimos comprar o ingresso chamado Kings ticket - €50 para 2 pessoas que dá direito a visitar o Neuschwanstein e o Hohenschwangau ( castelo onde viveu o rei Maximilian pai do Ludwig locão). Sugiro reservar pela internet Antes porque as filas de quem reserva são muito menores.
A visita entre os castelos tem 2h de intervalo entre elas e o tour dentro dos castelos dura uns 40 minutos. Vale muito a pena porque eles são incríveis por dentro. O rei Ludwig caprichou na doidera da decoração, tem até um corredor que ele fez como gruta....
Do Hohe para o Neusch leva uns bons 30 min de caminhada em subida. Se vicê quiser economizar vale a caminhada pois o visual é lindo.
Dica 1 - se estiver nevando leveum guarda chuva para se proteger das nevadas na cabeça.
Dica 2 - não perca a visita a Marienbrucke que tem uma das vistas mais bonitas do castelo + 10 min subindo.

Nós ficamos o Scheibel apartment - um ap completo de 1 dorm, sala, cozinha e banheiro. Limpo, organizado, bem localizado, com garagem e barato considerando as opções lcais.

De lá partimos para uma volta no centro histórico da cidade que basicamente tem alguns museus, igrejas e o rio, além da arquitetura cute de região.

90_99E1406D2219AC68179972EF3D6B024B.jpg180_99DB54D52219AC68178572B9700A6658.jpg90_99D3BA0C2219AC6817FA26E9553F4E80.jpg

Posted by acconte 12:02 Archived in Germany Tagged germany fussen Comments (0)

Dirigindo na europa - Alemanha e Austria

Para esta viagem, alugamos um carro no aeroporto de Frankfurt e seguimos rumo aos 5 paises planejados. Este post fala apenas da Austria e da Alemanha que são os países que passamos por enquanto.

Alemanha
Foi muito facil pegar o carro o aeroporto. Tudo é sinalizado e facilmente achamos o balcão da Europcar ( alugamos pela Álamo mas o balcão é o mesmo).
Pontos interessantes:
1- se vc está com seu marido/esposa esta pessoa já vale como segundo motorista. Não precisa pagar mais.
2- não precisa de seguro pra terceiros, o do cartão de crédito é suficiente.
3- pergunte o combustível do carro. O nosso é diesel por exemplo.
4- se ocarro quebrar, só ligar que teoricamente eles trocam.
5- atenção a época que vc está dirigindo - mesmo no final de abril nevou e usamos os winter tires que pedimos. Se nevar e vc não tem não vai poder entrar nos países.
6- o gps integrado docarro funciona excelente mas não tem como vc saber se o carro vem ou não com o gps. O nosso veio.....

Compramos no Brasil um gps para iphone da Sygic que funciona bem, perde pouco o sinal e é mto preciso - recomendo.

A carteira internacional é util apenas se um guarda te parar e não entender o que tá escrito. Não custa ter.

As autobahns são fantásticas. Na Alemanha não tem pedágio e a maioria das rodovias não tem limite de velocidade.... Divirta-se.
Estacionar nas cidades pode ser problemátio pois a maioria das vagas nas ruas são para moradores e se vc estaciona = multa. Utilize os estacionamentos sinalizados com um P azul grande.

Abastecer - chegue no posto, encha o tanque ( as bombas são destravadas) e pague. Mais sussa que nos EUA.

Austria

A Austria é um pouquinho mais zoneada que a Alemanha. As regras são as mesmas mas aqui, as autobahns tem limite de velocidade de 130km/h.
Importante saber que "ausfahrt" é a saída para carros.
Existem as "bundestrasse" (veloc menos que 100km/h) que são as estradas "locais" e que não precisam do Vignette - selo que você cola no parabrisa do carro que custa 8,50 euros para poder trafegar nas autobahns. Pode ser comprado em qualquer posto de gasolina.
Sem ele a multa é de 200 euros apenas nos radares espalhados pelas estradas. Por isso - cuidado.

Para abastecer o carro segue a mesma regra da Alemanha.
Atenção com radares espalhados por toda cidade.
Estacionamentos cobertos com o mesmo P azul grande. Média de 3 euros por hora - caro.

Proximo país - itália.

Posted by acconte 09:44 Archived in Germany Tagged austria germany europe drive Comments (0)

(Entries 16 - 20 of 28) « Page 1 2 3 [4] 5 6 »