A Travellerspoint blog

2 visitas à incrível Budapeste

Budapest é uma das cidades mais medievais e mais humildes que eu conheci no leste Europeu. Não sei se é porque eles foram colonizados pelo povos bárbaros e depois foram constantemente invadidos e dominados por outros povos (austríacos, romanos, turcos, russos, etc) mas o fato é que ele não preservaram muito a sua história e acabaram se tornando uma das capitais mais pobre que eu visitei.

  • post atualizado em setembro de 2016*

Ainda assim guarda uma beleza sombria por traz daquelas ruas escuras e população extremamente rude.

Para 3 dias fizemos o roteiro básico:

Roteiro básico: Royal Castle, Matthias Church, Fisherman's Bastion, Chain Bridge, Basilica de St Estevão

O Castelo vale a pena pela vista. Não guarda a história da Hungria. Tem apenas uma parte que é museu mas peca por não ter muita informação em inglês. Como eu não falo Hungaro..... tivemos problemas.

A Mathias Church e o Fisherman's Bastion ficam no mesmo lugar. A igreja é lindíssima porém está em restauração, logo você não verá muita coisa.

Chain Bridge é uma ponte... e a Basílica é o ponto final do tour. Cuidado para não ir no horário da missa pois você poderá não visitar a igreja.
Lá eles possuem a mão como relíquia de St Estevão e um museu. A arquitetura tem uma mistura de greco-romano com medieval. a parte paga é a subida na torre que custa 500 fl e proporciona uma vista ótima do centro de Peste.

3EA708B40D8490C5ABB143A95F59B306.jpeg3EA3790195C152961A42BE9ED140CD5A.jpeg90_3E9FD6D0DA80D84E801BD91F54D55244.jpeg

A cidade é linda para se caminhar e observar a interessante arquitetura! no final da tarde, o sol de põe entre os prédios dando um efeito lindíssimo na cidade.

Cuidado - nos hostels existem várias recomendações para turistas em relação às casas de strip. São perigosos para turista e muitos são enganados e roubados (chegam a cobrar U$ 50,00 por drink).

Eu fiquei no Maverick Hostel - Bom, limpo, organizado. Não tem escadas para chegar à recepção, a porta de entrada é meio escondida e a parede entre os quartos é fina - você consegue ouvir o vizinho ao lado. Outra observação é que a água é aquecida em batelada e por quarto. Se você usar toda a água seu parceiro poderá tomar banho gelado até que a água esquente.
Na segunda vez que fomos alugamos um apartamento pelo Airbnb e foi excelente.

90_3E47D3C0D3F0A529D1F37713D5648B0B.jpegimage.jpeg
DSCN4626.jpgDSCN4540.jpg

Dos 3 dias que passamos em Budapest o segundo foi o mais tranquilo porém o mais cansativo.
Pela manhã caminhamos até o Parlamento - uma das construções mais lindas de Budapest!

o Parlamento aceita reservas on libe no tour na língua desejada. Você pode comprar o ingresso antes de viajar e apenas aparecer uns 30 min antes do seu tour. Compre ingresso pelo site www.jegymester.hu/parliament.

As visitas tem horários programados, por isso se você não souber com antecedência, poderá ficar horas esperando.....
Maiores informações: http://www.budapest-parliament.com/visits.php

De lá uma opção é caminhar até a Margit Island - uma ilha no meio do Rio Danúbio que parece o Parque do Ibirapuera dos paulistanos. Muito bonito, muito grande e não tem muita infraestrutura para alimentação. Se você quer comer de verdade não achamos nada lá muito interessante.

A Ilha é linda, vale apena alugar uma bike na entrada da Ilha para uma voltinha....

Uma das coisas muito legais que vale a pena também é sentar no final da tarde nas margens do Danúbio. Muitos casais fazem isso e curtem o vai e vem dos barcos.... sem contar a vista para o prédio do Parlamento do outro lado da margem.

Para fechar o dia, pegamos o tram 2 - que tem seu percurso acompanhando as margens do Danúbio (vale só o passeio) e fomos até o Mercadão. Muito interessante ver como eles vivem e o que eles comem. Muito artesanato local no segundo andar e muitas comidas típicas (Vamhaz korut 1-3, Budapest 1093, Hungary).

Adoramos, passamos horas andando pelos corredores!!!

http://www.tripadvisor.com/Attraction_Review-g274887-d276128-Reviews-Central_Market_Hall_Nagy_Vasarcsarnok-Budapest.html

Dia 3
No nosso ultimo dia em Budapest nós fomos ao tradicional Banho público Szechenyi - um dos mais famosos. Se você estiver por lá não perca a oportunidade de conhecer um. (http://www.szechenyibath.com/)

Nós pudemos experimentar um momento de ser húngaro!! Muitas piscinas, com diferentes temperaturas e o melhor e ficar lá esperando o tempo passar, imerso, relaxando.
Lá tem também massagem, sauna, e piscinas externas, formando um complexo bem interessante.

Infelizmente, como quase tudo na Hungria, é um pouco caro mas muito legal. Leve seus pertences (toalha, chinelo, roupa e etc).

Outro ponto alto da nossa visita foi a Hero's Square. Uma verdadeira homenagem ao passado do país.
Localizada na estação de metro (hosok tere) e entre 2 importante museus, a visão dos principais reis e heróis que contam a história da Hungria é emocionante.

Citadella
Cidadella é um forte construído e ocupado diversas vezes inclusive pelos soviéticos na segunda guerra mundial. Grátis e apenas requer uma subida suave pela colina e tem uma vista incrível dos dois lados da cidade!
No caminho da subida tem uma igreja incrustada na pedra que vale a visita.

3F27955AA70B7B4DC52671A23185D6E4.jpeg

Alimentação

Recomendo os seguintes restaurantes:
Rézkakas - comida húngara com música cigana ao vivo. Recomendo reserva, caro. www.rezkakasbistro.hu
Café Kör - comida húngara, mais simples, delicioso, recomendo reserva. Cafeeiro.net
New York café - comida internacional, todas as refeições, visual incrível, obrigatório reserva se quiser uma mesa, caro e delicioso com sobremesas incríveis. Newyorkcafe.hu
Strudel house - bom, tem strudel de todos os tipos feito na hora. Não precisa de reserva, preço acessível. reteshaz.com
Nobu - restaurante japonês contemporâneo franqueado do Chef Nobu. Caro mas a comida é excelente e ambiente idem.

90_3EFA333AEBA8E767BBB7C6951DBB1D7F.jpeg
DSCN4505.jpgDSCN4502.jpg
DSCN4576.jpg

Posted by acconte 10:33 Archived in Hungary Tagged budapest hungary

Email this entryFacebookStumbleUpon

Table of contents

Be the first to comment on this entry.

Comments on this blog entry are now closed to non-Travellerspoint members. You can still leave a comment if you are a member of Travellerspoint.

Enter your Travellerspoint login details below

( What's this? )

If you aren't a member of Travellerspoint yet, you can join for free.

Join Travellerspoint